10/05/2019 | 09h41     Atualizado em 10/05/2019 | 09h45

FacebookTwitterPinterestGoogle+LinkedIn

Presidente da FAS deve responder questões dos vereadores

Rosana Santini Menegotto precisa comparecer à Câmara Municipal para prestar esclarecimentos sobre a população em situação de rua

Vania Espeiorin
Vania Espeiorin

A presidente da Fundação de Assistência Social (FAS), Rosana Santini Menegotto, foi convocada para comparecer ao Legislativo caxiense. O documento, idealizado pelo vereador Rodrigo Beltrão/PT, foi aprovado por unanimidade, durante a sessão ordinária desta quinta-feira, 09.

 

Conforme o parlamentar, existe uma preocupação na Comissão de Direitos Humanos e Cidadania (CDHC) sobre o aumento da população em situação de rua no município. Ele destacou, também, as mortes violentas direcionadas a essas pessoas.

 

Uma audiência pública para debater a questão, foi organizada ainda no final de abril. Segundo Beltrão, a presidente da FAS não compareceu, nem indicou alguém para substituí-la, alegando que reuniões nesse formato não têm resultados. O petista acredita que a negativa é uma tentativa de omissão.

 

Ele destacou que neste governo está sendo preciso realizar muitas convocações, para que os vereadores possam ouvir e entender a administração. Para ele, são necessárias harmonia e comunicação entre Legislativo e Executivo, além de trabalho conjunto, porém independente. Em relação aos moradores em situação de rua, o vereador defende que é obrigação do poder público auxiliar e proporcionar condições adequadas a essa parcela de Caxias.

 

Conforme a Lei Orgânica Municipal, Rosana Santini Menegotto deve comparecer no prazo de cinco sessões ordinárias, contadas da data do recebimento da comunicação. Além de vir pessoalmente, em data comunicada, a convocada se manifestará no espaço de uma sessão ordinária. O não comparecimento no período, sem a justificativa adequada, importará em crime de responsabilidade.

Comentários

Carregar mais comentários Comentar notícia