YouTube Facebook Instagram
YouTube Facebook Instagram

  09/07/2019 | 16h51     Atualizado em 09/07/2019 | 16h54

FacebookTwitterPinterestGoogle+LinkedIn

Prefeitura terá de responder a pedido de informações sobre a Codeca

O requerimento é o de número 98/2019 e tem como autores os parlamentares Adiló Didomenico/PTB e Gustavo Toigo/PDT

Gabriela Bento Alves
Gabriela Bento Alves

Os vereadores caxienses aprovaram, por unanimidade, nesta terça-feira (09/07), um pedido de informações sobre a situação financeira e de pessoal da Companhia de Desenvolvimento de Caxias do Sul (Codeca). De número 98/2019, o requerimento que trata do assunto tem como autores os parlamentares Adiló Didomenico/PTB e Gustavo Toigo/PDT. O chefe do Executivo caxiense tem 30 dias para responder ao Legislativo, conforme determina a Lei Orgânica Municipal.

 

Por meio do documento, os vereadores desejam obter cópia do balanço do exercício encerrado em 31 de dezembro de 2018, com os devidos demonstrativos dos resultados do período. Pedem se esse balanço foi aprovado pelo Conselho de Administração da Companhia e, em caso positivo, que seja anexada ata da reunião.

 

O ano de 2019 também é foco das indagações legislativas. Há solicitação dos balancetes mensais da empresa, no período de janeiro a junho de 2019, com abertura de contas de forma detalhada; e da documentação a respeito de eventual antecipação de crédito ou de obras faturadas a entregar.

Os legisladores ainda almejam receber a ata do Conselho de Administração da Codeca, autorizando alteração recente feita na diretoria; e as listas de cargos comissionados e em função gratificada em atividade, com os nomes, data de nomeação e/ou investidura e padrão.

 

?Estamos preocupados com a situação da Codeca, pois é uma empresa pública e o prefeito precisa dar satisfação sobre ela à comunidade?, avalia o petebista, que recebeu elogios do colega de bancada, Alceu Thomé/PTB, pela época em que foi diretor-presidente da Companhia (2005-2012). Também autor do requerimento 98/2019, o parlamentar Gustavo Toigo ressalta que esse expediente integra a função fiscalizadora da Câmara. ?A Codeca está com 45 anos. É eficiente e tem um patrimônio que temos de administrar e cuidar?, justificou. 

 

Líder do governo na Câmara, o vereador Renato Nunes/PR saiu em defesa da atual gestão da Companhia e do prefeito Daniel Guerra/PRB, questionando se ?não estamos, hoje, sentindo os reflexos lá de trás?, numa referência a administrações passadas que, segundo ele, talvez não tenham comandado com êxito a unidade.

Comentários

Carregar mais comentários Comentar notícia