YouTube Facebook Instagram
YouTube Facebook Instagram

Trânsito   06/08/2019 | 13h40     Atualizado em 10/08/2019 | 02h15

FacebookTwitterPinterestGoogle+LinkedIn

Detran passa a avisar motoristas sobre reciclagem para evitar suspensão da CNH

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

A ferramenta do DetranRS passou a funcionar nesta segunda-feira (05). No primeiro dia, mais de três mil motoristas nas categorias C, D e E foram avisados sobre a reciclagem preventiva. O sistema é uma forma de evitar que se chegue aos 20 pontos na CNH e, consequentemente, a suspensão do direito de dirigir.

Um alerta é emitido por e-mail ou SMS aos motoristas que atingiram entre 14 e 19 pontos na carteira de habilitação. Porém, a mensagem é enviada somente aos condutores que fizeram cadastro junto aos serviços do Detran, CFCs ou CRVAs.

Conforme o diretor-geral adjunto do DetranRS, Marcelo Soletti, o número de motoristas que podem procurar a reciclagem preventiva chega a 30 mil no Estado. Segundo ele, a medida é direcionada a quem exerce atividade remunerada com veículos de carga, passageiros e articulados.

Soletti destaca que é uma forma de evitar que a pessoa habilitada nessas categorias tenha prejuízos futuros.

De acordo com regramento federal, a ferramenta não está disponível para as categorias A e B. No entanto, não é descartada a possibilidade de ampliação. A partir deste mês, o aviso será enviado mensalmente. O mapeamento da situação dos motoristas será feito no primeiro domingo do mês. A situação pode ser alterada a qualquer momento, bastando o condutor confirmar uma nova infração no prontuário.

O curso de reciclagem preventiva pode ser realizado assim que o condutor das categorias C, D e E completar entre 14 e 19 pontos. Com a conclusão do curso, a pontuação por infrações de trânsito é retirada do prontuário. Apenas se somar outros 20 pontos nos doze meses seguintes ele terá a CNH suspensa. O motorista interessado em fazer a reciclagem preventiva deve procurar qualquer Centro de Formação de Condutores e se matricular no curso preventivo de reciclagem.

Comentários

Carregar mais comentários Comentar notícia