YouTube Facebook Instagram
YouTube Facebook Instagram

  03/09/2019 | 14h08     Atualizado em 03/09/2019 | 16h10

FacebookTwitterPinterestGoogle+LinkedIn

Câmara de Caxias inaugura iluminação alusiva ao Setembro Amarelo

Centro de Valorização da Vida lança programação de palestra para o mês

Bibiana Ribeiro Mendes
Bibiana Ribeiro Mendes

A programação do Setembro Amarelo, campanha mundial de prevenção do suicídio, foi oficialmente aberta nesta segunda-feira, 02, no legislativo caxiense. Esta campanha passou a ser lei municipal em Caxias do Sul há dois anos, proposta da vereadora Paula Ioris/PSDB. Na Câmara de Vereadores houve o lançamento da iluminação amarela na fachada, alusiva à campanha.  A partir de agora, com a instalação do holofote, outros períodos como Outubro Rosa e o Novembro Azul também serão contemplados.

 

Nesta noite, ainda houve o lançamento da programação do setembro amarelo do Centro de Valorização da Vida (CVV) de Caxias. ?Quero agradecer ao nosso presidente, vereador Flávio Cassina, pela sensibilidade e apoio à campanha desta forma. Que esse singelo ato de colorir nossa fachada seja para todos que passarem por aqui um lembrete, para que cuidemos da nossa saúde mental e das pessoas próximas a nós.?, disse a vereadora ao apresentar a iluminação aos presentes.

 

Paula também é integrante do Comitê de Prevenção ao Suicídio, que realiza ações com profissionais de áreas como saúde, educação e recursos humanos, para orientação sobre como trabalhar a saúde mental das pessoas e sobre manejo no caso de tentativas de suicídio. O CVV, que também participa do Comitê, terá uma ampla programação durante todo o mês de setembro. O presidente, Everton Susin, falou sobre o trabalho dos voluntários: ?São 111 postos no Brasil, que atendem mais de três milhões de ligações por ano. Nossa meta entre 2019 e 2020, para o posto de Caxias, é manter faixa contínua de atendimento, 24 horas ao dia?.

 

O CVV realiza apoio emocional e prevenção do suicídio, atendendo voluntária e gratuitamente todas as pessoas que querem e precisam conversar, sob total sigilo pelo telefone 188.

Comentários

Carregar mais comentários Comentar notícia