YouTube Facebook Instagram
YouTube Facebook Instagram

  29/11/2019 | 16h03     Atualizado em 29/11/2019 | 16h05

FacebookTwitterPinterestGoogle+LinkedIn

Edgar Baldasso é o novo treinador da ACBF

Ulisses Castro / ACBF
Ulisses Castro / ACBF

A Associação Carlos Barbosa de Futsal (ACBF) já tem um novo treinador. O Clube não precisou ir muito longe para fazer a escolha. Edgar Baldasso era o auxiliar técnico e foi efetivado no cargo para comandar o time laranja na temporada 2020.

 

O novo treinador é cria de Carlos Barbosa. Além de nascer no município, suas raízes como profissional foram formadas dentro do próprio Clube. O vínculo do treinador com a ACBF começou muito jovem, como atleta aos 8 anos. Como jogador atuou até o último ano de sub-20. Depois de dois anos fora, voltou para a ACBF como professor das Escolinhas até ser promovido a coordenador das categorias de base, além de treinador do Sub-17 e por último do Sub-20. O profissional conquistou títulos estaduais por ambas as categorias.

 

Em 2015, quando a ACBF passou por uma reformulação na comissão técnica, Edgar Baldasso acumulou a função de auxiliar técnico e treinador do Sub-20. ?Cada ano a gente foi conseguindo um espaço maior. Em 2015, no meu primeiro ano, as funções eram mais restritas. A partir de 2017 tive mais liberdade para trabalhar, até em função dos compromissos do Marquinhos Xavier com a Seleção Brasileira. E 2019 foi ano que tive mais presença em jogos e treinamentos?, disse Baldasso.

 

Edgar precisou comandar a equipe diversas vezes em função dos compromissos de Marquinhos Xavier com a Seleção Brasileira. Desde 2015, Edgar esteve à beira da quadra em 50 jogos, teve 33 vitórias, 12 empates e apenas 5 derrotas. ?O que o Marquinhos fez nesses anos, dificilmente alguém vai ter uma longevidade tão grande ainda mais num clube que tem a necessidade de vencer a todo o momento. A história dele é bela e fico feliz de fazer parte dessa trajetória. Meu objetivo é crescer como treinador e conseguir incorporar o que eu penso sobre futsal dentro da ACBF. Temos grandes chances de conquistar muita coisa, tornar o futsal algo que encante a nossa torcida. Penso em evoluir ainda mais como treinador. Não adianta eu querer ser um Marquinhos Xavier ou melhor que o Marquinhos. Só ele pode ser melhor do que o próprio Marquinhos Xavier. O que eu posso fazer é ser o melhor Edgar Baldasso possível. Tenho minha forma de trabalhar?.

 

A contratação de Edgar Baldasso também torna-se representativa por diversos fatores. Com 32 anos, ele é o técnico mais jovem a assumir a ACBF desde a profissionalização do Clube em 1996. ?Assumir a ACBF é um desafio independentemente da idade de qualquer treinador. Acho que todo mundo que assume esse papel tem um desafio gigante?, argumentou.

 

Também é a primeira vez que um auxiliar técnico é efetivado no cargo. O técnico barbosense tem na sua comissão técnica o preparador físico Alexandre Baldasso, que é seu primo. ?Não tenho dimensão do quanto significa. Vejo a identificação de pessoas que vão no ginásio e você conhece há muitos anos. Outros a gente não conhece muito, mas que torcem pelo fato de ser de Carlos Barbosa, assim como aconteceu quando o Micuim (Alexandre Baldasso) assumiu a preparação física do time em 2015 e hoje é uma das referências no Brasil. Espero que todos os barbosenses possam se ver um pouco no meu trabalho e tenho certeza que a torcida vai ser enorme pelo nosso sucesso?.

 

Em 2020, terá a responsabilidade de comandar uma equipe bastante reformulada. Entre as principais competições estão previstas a LNF, Liga Gaúcha, Libertadores e, provavelmente, o Intercontinental de Clubes. Baldasso garante que não faltará competitividade ao grupo. ?Quando a equipe começou a ser montada, junto com o supervisor Lavoisier, pensamos numa equipe competitiva. Teremos atletas com o perfil do elenco de 2015, com muita vontade de vencer e de competir?.

Comentários

Carregar mais comentários Comentar notícia