YouTube Facebook Instagram
YouTube Facebook Instagram

  03/02/2020 | 15h04     Atualizado em 03/02/2020 | 15h08

FacebookTwitterPinterestGoogle+LinkedIn

Vereadora Tatiane Frizzo fiscaliza Unidades Básicas de Saúde e UPA Central

Parlamentar encaminhará indicações de melhorias à Prefeitura

Douglas Barreto
Douglas Barreto

Seguindo a conformidade de suas atribuições no Legislativo, a vereadora Tatiane Frizzo/Solidariedade fiscalizou quatro Unidades Básicas de Saúde (UBS) e a Unidade de Pronto Atendimento Central (UPA). Como integrante da Comissão de Saúde e Meio Ambiente da Câmara, a parlamentar ouviu as demandas dos pacientes e dos servidores, a fim de dar encaminhamentos assertivos à Prefeitura.

 

As inspeções nas UBS?s ocorreram no Desvio Rizzo, Forqueta, Esplanada e Vila Lobos, na última semana.

Durante a vistoria, a vereadora constatou a precariedade do arquivo de prontuários, que ainda não foram digitalizados. Esse problema foi encontrado no Desvio Rizzo e no Esplanada. Pacientes que aguardavam atendimento na Unidade do Desvio Rizzo, uma das maiores do Município, em relação ao número de prontuários, ressaltaram as dificuldades locais, como a realização de consultas e infraestrutura predial da Unidade.

 

Outra preocupação encontrada é a falta de estrutura externa para abrigar os pacientes que aguardam o início dos trabalhos nas Unidades, como em Forqueta, Esplanada e Villa Lobos. Nesses locais, a população aguardava o início das atividades, ainda de madrugada, em situações climáticas desfavoráveis, sem proteção. Os locais possuem toldo, porém, não abriga a demanda. No caso da UBS Esplanada, funcionárias explicaram que no passado foi colocada uma estrutura melhor na parte externa para atender os pacientes, como bancos, porém, vândalos danificaram o patrimônio público e, em alguns casos, furtaram o assento.Isso prejudica, até hoje, exponencialmente os pacientes, principalmente, idosos, gestantes e crianças.

 

Em Forqueta, a maior queixa da comunidade é sobre os encaminhamentos de atendimento psicoterápicos, oftalmológicos e vasculares. A população carece também de mais procedimentos médicos, apesar do quadro de funcionários estar completo, segundo a coordenação da Unidade. A estrutura da UBS também apresenta problemas, como piso solto em algumas salas. Conforme servidores, a falta de medicamentos está sendo amenizada nos últimos dias.

 

A situação é ainda mais preocupante na UBS Vila Lobos. O prédio apresenta problemas estruturais, como infiltrações nas paredes, colocando em risco a saúde de pacientes e servidores. De acordo com a coordenação da Unidade, o imóvel, que foi cedido ao Poder Público, foi solicitado pelo proprietário. Ainda não há uma definição contratual onde será o novo local de atendimento de saúde no bairro, segundo a coordenação. Houve a especulação, por parte da antiga administração municipal, de um outro imóvel na mesma rua, porém, ainda não ocorreu o acordo com o dono do novo prédio, conforme a responsável pela Unidade. A expectativa é que a UBS fique no atual local até outubro desse ano.

 

Em relação à Unidade de Pronto Atendimento Central, as reclamações dos pacientes foram generalizadas, devido à demora de atendimento. Na inspeção, a vereadora Tatiane Frizzo constatou que, em média, a população aguardava atendimento há quatro horas. No momento da fiscalização haviam 38 pessoas aguardando atendimento. Questionados pela parlamentar, sobre o longo tempo de espera, servidores explicaram que pacientes com quadro de urgência e emergência são atendidos de forma prioritária. A população que aguardava atendimento não apresentava necessidade de urgência e emergência, e, por isso, estavam qualificados com a ficha azul, segundo servidoras da UPA.

 

De acordo com a vereadora, todos os apontamentos serão encaminhados à Comissão de Saúde da Câmara, à Secretaria Municipal da Saúde e ao Conselho Municipal de Saúde.

 

"Esses apontamentos serão importantes para melhorarmos atendimentos básicos nos nossos bairros, bem como na nossa UPA Central. Apesar de os atendimentos serem classificados como bons, pelos pacientes, a estrutura das nossas UBS?s precisam melhorar muito. Entendo também que é necessário ampliar o número de Unidades Básicas em algumas regiões, como no bairro Esplanada e Desvio Rizzo, pois concentram muitos moradores e há vasta demanda de atendimento", destaca a parlamentar.

 

UBS DESVIO RIZZO

Pontos Positivos:

Pacientes satisfeitoscom atendimento dos servidores;

Pontos Negativos:

Grande quantidade de prontuários não digitalizados;

Infraestrutura predial precária;

 

UBS FORQUETA

Pontos Positivos:

Pacientes satisfeitos com atendimento dos servidores;

Pontos Negativos:

Infraestrutura predial precária;

Falta de estrutura externa para abrigo dos pacientes;

Falta de medicamentos;

Difícil agendamento de consultas por telefone;

 

UBS ESPLANADA

Pontos Positivos:

Pacientes satisfeitos com atendimento dos servidores;

Pontos Negativos:

Falta de estrutura externa para abrigo dos pacientes;

Difícil agendamento de consultas por telefone;

 

UBS VILA LOBOS

Pontos Positivos:

Pacientes satisfeitos com atendimento dos servidores;

Pontos Negativos:

Infraestrutura predial precária;

Falta de estrutura externa para abrigo dos pacientes;

 

UPA CENTRAL

Pontos Positivos:

Infraestrutura predial;

Pontos Negativos:

Demora nos atendimentos;

Banheiros em condições desfavoráveis de uso;

Comentários

Carregar mais comentários Comentar notícia