YouTube Facebook Instagram
YouTube Facebook Instagram

  20/06/2020 | 19h05     Atualizado em 20/06/2020 | 19h09

FacebookTwitterPinterestGoogle+LinkedIn

Serra Gaúcha retorna para bandeira laranja no Mapa de Distanciamento Controlado

Municípios melhoraram os indicadores em termos de ocupação e disponibilidade de leitos de UTI

Divulgação
Divulgação

Os 50 municípios que integram a região de Caxias do Sul retornam à classificação de bandeira laranja, uma vez que melhoraram os indicadores em termos de ocupação e disponibilidade de leitos de UTI.

Pelos números da última sexta-feira, a região ampliou de 33 para 82 os leitos de UTI livres. A ocupação de UTIs por pacientes de SRAG caiu de 71 para 51 e de confirmados para Covid-19, reduziu de 44 para 39.

 

Com apenas dois indicadores na pior classificação (preta) e apenas um em bandeira vermelha, a região da Serra segue ainda com números altos em termos de hospitalizações decorrentes do novo coronavírus. Nos últimos sete dias foram 76 pacientes internados, quando no mesmo período anterior eram 63 casos. Na sexta-feira eram 47 hospitalizados em leitos clínicos pela doença, quando no último dia da semana anterior ficava em 26 pessoas.

 

A região de Uruguaiana, na Fronteira Oeste, apresentou no mais recente levantamento apenas um indicador na classificação preta (relação de casos ativos na última semana com o número de recuperados nos últimos 50 dias) e um apontamento na cor vermelha (número de hospitalizações na relação para 100 mil habitantes).

 

Nos demais indicadores, houve melhora na região, entre eles o aumento de 22 para 26 leitos de UTI livres. Houve também a diminuição de um caso de paciente com síndrome respiratória aguda em UTI (agora são 7 casos na região). O mesmo se repetiu para doentes da Covid-19 em UTIs: passou de 6 casos para 5 nesse último levantamento.

 

A região teve ainda um pequeno acréscimo no número de hospitalizações confirmadas por Covid-19 nos últimos sete dias: passando de 14 da semana anterior para 15 casos agora, movimento que se refletiu na ocupação de leitos clínicos no último dia, que passou de 8 para 9 pacientes em toda região.

Comentários

Carregar mais comentários Comentar notícia