YouTube Facebook Instagram
YouTube Facebook Instagram

  07/08/2020 | 13h35     Atualizado em 07/08/2020 | 13h37

FacebookTwitterPinterestGoogle+LinkedIn

Secretaria da Saúde divulga as clínicas em que as vacinas da gripe adulteradas foram aplicadas

Divulgação
Divulgação

Após ter o pedido de divulgar os nomes e endereços das clínicas onde foram aplicadas as vacinas adulteradas deferido pelo Poder Judiciário, a Secretaria Municipal da Saúde (SMS) torna público para que as pessoas que receberam as doses nesses locais procurem sua Unidade Básica de Saúde (UBS) de referência para serem corretamente imunizadas. São elas:


PM Apoio Administrativo
Endereços: Mariano Mazzochi, 590, apto 102, Cruzeiro
Av. Itália,  202, sala 800/900, São Pelegrino
Rua Alfredo Chaves, 1274, sala 802, Exposição


Clínica Excelence
Rua Andrade Neves, 985, Exposição


Clínica Amor e Saúde
Rua Pinheiro Machado, 2580, São Pelegrino

Susin Clínica Integrada
Rua Moreira César, 2650, sala 1501, City Life, Centro


Entenda o caso
A SMS apreendeu doses da vacina contra a gripe adulteradas que estavam sendo aplicadas em clínicas médicas da cidade e em três salas locadas por um casal. A mulher, que possuía um diploma falso, dizia ser técnica de enfermagem, mas não possui registro no Coren.  

 

O casal foi autuado pela Vigilância Sanitária em três momentos distintos, além de terem seu estabelecimento interditado. Após enviar o material aprendido para análise do Lacen, o laudo confirmou a adulteração, classificando o líquido, possivelmente, como soro fisiológico. Segundo a investigação da Vigilância Sanitária, o casal havia adquirido 300 doses de um distribuidor autorizado, porém, foram aplicadas mais de mil vacinas nos últimos três meses. 


Na manhã de 3 de agosto, agentes da 1° Delegacia de Polícia prenderam, preventivamente, duas pessoas, homem e mulher, de 46 anos e 36 anos, respectivamente, por crimes contra a saúde pública, falsidade ideológica e uso de documento falso. 

Comentários

Carregar mais comentários Comentar notícia