YouTube Facebook Instagram
YouTube Facebook Instagram

  13/10/2020 | 16h16     Atualizado em 13/10/2020 | 16h21

FacebookTwitterPinterestGoogle+LinkedIn

Luiz Carlos Winck é novo técnico do Esportivo para temporada 2021

Gustavo Pozza/Divulgação Clube Esportivo
Gustavo Pozza/Divulgação Clube Esportivo

Comandante na campanha que levou ao título de campeão da Divisão de Acesso de 2012, Luiz Carlos Winck será o técnico do Clube Esportivo Bento Gonçalves na temporada 2021. A partir do acerto com o treinador de 57 anos, inicia, também, a montagem do elenco que disputará a série A do Campeonato Gaúcho e a Copa do Brasil do próximo ano - há, ainda, a possibilidade de participar do Campeonato Brasileiro Série D, que será avaliada pela direção do clube de acordo com o planejamento financeiro e estrutural e o engajamento comunitário no quadro social da instituição.

 

Winck já faz parte de história da equipe bento-gonçalvense. Chegou em 2012 com a missão de recolocar a equipe na elite do futebol gaúcho - e conseguiu: naquela temporada, foram 20 vitórias, 10 empates e apenas 6 derrotas na campanha que conferiu ao clube o 3º título da competição. Sob seu comando, o time também atingiu outras marcas históricas, como as 13 partidas sem perder jogando no Montanha dos Vinhedos, a maior série invicta em casa, acumulando o melhor ataque e a melhor defesa do campeonato. O treinador ainda comandou a equipe em 2013, avançando à semifinal do 1º turno do Gauchão daquele ano e encerrando o torneio na 8ª classificação geral.

 

"Fiquei muito feliz pela lembrança e pelo acerto. O Esportivo, para mim, é como uma segunda família. Um clube que aprendi a gostar e vivenciar muitas alegrias", relata Winck. Segundo ele, alguns pontos importantes o ajudaram no acerto. "Destaco como fatores que levaram à essa decisão a seriedade e a competência da direção, a boa estrutura do clube, a cidade que tenho orgulho de ser morador e ter uma família maravilhosa e as amizades e o respeito das pessoas que me fazem sentir um bento-gonçalvense de coração", exalta.

Comentários

Carregar mais comentários Comentar notícia