YouTube Facebook Instagram
YouTube Facebook Instagram

  30/11/2020 | 12h15     Atualizado em 30/11/2020 | 12h48

FacebookTwitterPinterestGoogle+LinkedIn

Adiló Didomênico é eleito o novo prefeito de Caxias do Sul com 136.590 votos

Chapa formada com Paula Ioris conquistou 59,57% dos votos válidos neste domingo

Divulgação
Divulgação

Os eleitores de Caxias do Sul elegeram Adiló Didomênico (PSDB) como o novo prefeito da cidade neste domingo, 29. Às 18h10 haviam sido apuradas 92,69% das urnas no município que decretaram a vitória do tucano, com 59,84% dos votos e Pepe Vargas (PT) que estava com 40,16%.

 

O resultado final da apuração com 100% das urnas foi divulgado às 18h54, com a vitória de Adiló que obteve 136.590 votos (59,57%) diante de 92.707 votos (40,43%) do petista Pepe. A eleição de Caxias do Sul contou com 249.045 votos, sendo 6.700 (2,69%) brancos; 13.048 (5,24%) nulos e uma grande abstenção de 84.651 votos (25,37%). 333.696 eleitores estavam aptos para votar.

 

A chapa formada por Adiló Didomênico e Paula Ioris (vice-prefeita), da Coligação Levanta Caxias (PSDB, PSC, PTB, SOLIDARIEDADE E PROS), derrotou no segundo turno Pepe Vargas e Cláudio Libardi Júnior, da Coligação Caxias pra frente (PT, PCdoB e PSOL).

 

No primeiro turno quando haviam 11 candidatos, Pepe Vargas venceu com 75.619 votos (34,17%) e Adiló ficou em segundo com 34.204 votos (15,45%). Neste segundo turno, Adiló somou mais 102.386 votos contra 17.088 votos a mais de Pepe neste pleito.

Gaúcho de Marau, Adiló Didomênico é formado em economia e ingressou na política pelo PTB, no final da década de 1980. O político permanceu no partido até abril de 2020, quando se filiou ao PSDB. Adiló já foi foi presidente da Codeca e secretário nos governos municipais de José Ivo Sartori (MDB) e Alceu Barbosa Velho (PDT), entre 2005 e 2016. O tucano atualmente exerce a função de vereador no legilsativo caxiense e estava em seu segundo mandato.

Comentários

Carregar mais comentários Comentar notícia