YouTube Facebook Instagram
YouTube Facebook Instagram

  30/11/2020 | 11h20     Atualizado em 30/11/2020 | 13h31

FacebookTwitterPinterestGoogle+LinkedIn

Plenário da AL retoma votações com estreia de sistema híbrido

Joel Vargas
Joel Vargas

Depois de cancelar a sessão deliberativa da semana passada, em função do segundo turno das eleições municipais, o plenário da Assembleia Legislativa retoma suas atividades na tarde desta terça-feira (1º) já utilizando o sistema híbrido de votações. Também foi convocada outra sessão extraordinária para quarta-feira (2).


Aprovado na sessão virtual de 18 de novembro, o sistema híbrido possibilita que parte dos parlamentares esteja presencialmente no Plenário 20 de Setembro enquanto os demais seguem participando remotamente. Até então, apenas quem presidia a sessão participava presencialmente no plenário.

 

O novo sistema vai viabilizar que os parlamentares registrem presença e seus votos, eliminando a necessidade de fazer a declaração verbal, como vinha ocorrendo até a última sessão. Em caso de dificuldade de conexão, o parlamentar poderá expressar oralmente sua presença ou voto. A ferramenta, desenvolvida pelo Departamento de Tecnologia da Informação (DTI) da Casa, ainda permite a verificação de quórum, informa os dados dos projetos apreciados e o resultado das votações.


Na primeira sessão com sistema híbrido, há 14 matérias a serem deliberadas. Duas foram definidas pelos líderes de bancadas na reunião de 18 de novembro e as outras 12 não foram apreciadas na última sessão, na mesma data, por falta de quórum. Entre os projetos, está o que o reajusta o piso regional.

Comentários

Carregar mais comentários Comentar notícia