YouTube Facebook Instagram
YouTube Facebook Instagram

  15/01/2021 | 13h17     Atualizado em 15/01/2021 | 13h20

FacebookTwitterPinterestGoogle+LinkedIn

Tarifa de água e esgoto não será reajustada em 2021

O valor permanecerá em R$ 28,60 para famílias que consumam até 5 metros cúbicos mensais

Andréia Copini
Andréia Copini

O Samae fixou a despesa para o exercício de 2021, sem nenhum tipo de acréscimo na tarifa de água e esgoto, permanecendo R$ 28,60 para famílias que consumam até 5 metros cúbicos mensais, por causa dos reflexos econômicos ocasionados pela pandemia da Covid-19. A decisão foi tomada com base na Lei Orçamentária Anual (LOA), a qual leva em consideração o custeio dos serviços prestados e os investimentos necessários pela Autarquia.

 

Conforme o diretor-presidente do Samae, Gilberto Meletti, zerar o reajuste demonstra a responsabilidade da Autarquia perante a população caxiense. "Todos os esforços realizados pelos servidores, como o adequado contingenciamento das despesas, revisão de contratos de prestação de serviços, combate a ligações irregulares e gerenciamento de grandes consumidores, mostram que as despesas estão sendo realizadas de forma consciente e eficiente, possibilitando que não ocorra nem mesmo a reposição da inflação".

 

Meletti também salienta que o Samae, mesmo com a não incidência de reajuste tarifário, manterá a qualidade na prestação de seus serviços, com previsão de investimentos na ordem de R$ 53,5 milhões, concentrados principalmente em novas redes de água e esgoto e melhorias nas existentes.

 

Tarifa Social

 Os usuários cadastrados junto à Fundação de Assistência Social (FAS) poderão solicitar a inclusão na Tarifa Social, que hoje é de R$ 14,30  para famílias que consumam até 5 metros cúbicos mensais, ou seja, 50% da tarifa normal. O Samae informa que, o Projeto de Lei nº 8.509, o qual isentava a cobrança da tarifa de água e esgoto aos usuários beneficiados na Tarifa Social por 120 dias, se findou em 31 de dezembro, junto com o prazo do decreto que declara estado de calamidade pública no município, em virtude da pandemia da Covid-19. Dessa forma, as famílias deverão voltar a pagar o valor mínimo a partir de janeiro.

 

A Autarquia informa também que a suspensão dos cortes de água foi extinta. Assim, os munícipes que tiverem faturas vencidas a mais de 30 dias, a contar de 4 de janeiro, poderão ter o corte no abastecimento, mediante aviso prévio.

 

O Samae permanece à disposição para esclarecimentos por meio do telefone 115, plantão 24 horas.

Comentários

Carregar mais comentários Comentar notícia