YouTube Facebook Instagram
YouTube Facebook Instagram

  20/01/2021 | 14h06     Atualizado em 20/01/2021 | 14h07

FacebookTwitterPinterestGoogle+LinkedIn

Secretaria da Saúde do RS planeja distribuição de aproximadamente 170 mil doses da vacina contra Covid-19

Felipe Dalla Valle/ Palácio Piratini
Felipe Dalla Valle/ Palácio Piratini

A Secretaria da Saúde do RS planeja distribuição de aproximadamente 170 mil doses da vacina contra Covid-19 nesta terça-feira, 19. A primeira leva de vacinas contra a Covid-19 para o Estado é de 341,8 mil unidades que devem chegar nesta noite de segunda-feira, 18. Após a separação por regional, por critérios populacionais, as doses serão despachadas para a Capital e às 18 coordenadorias regionais (CRS).


Inicialmente, o público a ser vacinado são os profissionais de saúde da linha de frente em hospitais, Atenção Básica e rede de urgência e emergência, pessoas acima de 60 anos que vivem em Instituições de Longa Permanência de Idosos (ILPI) e população indígenas aldeadas.


Serão encaminhadas nesta terça-feira 170,8 mil doses aos municípios, aproximadamente a metade do recebido. A quantidade remanescente fica reservada para o posterior envio destinado à segunda dose desse público, prevista para aplicação entre 2 e 4 semanas após a primeira aplicação. O envio ? a partir de Porto Alegre ? será realizado por via terrestre e aérea, com o apoio da frota de aviões da Secretaria de Segurança Pública (SSP).


Ainda nesta terça-feira serão definidas as quantidades por município, após o trabalho nas coordenadorias de separar as caixas para cada cidade, seguindo os critérios populacionais dos grupos prioritários.


Entre o público destinado para o início da campanha, 138 mil doses são destinadas aos trabalhadores da saúde. Isso representa cerca de 34% estimado para esse grupo no Estado. Por isso, a orientação é que sejam vacinados aqueles que lidam de forma mais direta com pessoas com a Covid-19, em hospitais, Samu e na Atenção Básica. Conforme mais doses sejam recebidas, os demais integrantes da área da saúde serão gradativamente incluídos. No total, o público de trabalhadores do setor da saúde estimado é de 400 mil pessoas no RS.


Outras 9,8 mil doses estão previstas para as pessoas com 60 anos ou mais institucionalizadas, deficientes institucionalizados e trabalhadores de Instituições de Longa Permanência de Idosos. Para a comunidade indígena que vive em aldeias são mais 14 mil doses destinadas.

Comentários

Carregar mais comentários Comentar notícia