YouTube Facebook Instagram
YouTube Facebook Instagram

Covid-19   19/02/2021 | 20h30     Atualizado em 19/02/2021 | 20h29

FacebookTwitterPinterestGoogle+LinkedIn

Serra é classificada em bandeira preta no modelo de distanciamento controlado

É a primeira vez que a região recebe essa classificação desde o início da pandemia

Divulgação
Divulgação

A macrorregião da Serra Gaúcha, que inclui Caxias do Sul, foi classificada em bandeira preta, no mapa preliminar do modelo estadual de distancimento controlado, divulgado nesta sexta-feira (19) - a classificação representa altíssimo risco de contágio por Covid-19. O anúncio foi feito pelo governador Eduardo Leite/PSDB, em uma live. Ele destacou o aumento de internações como um "momento crítico" e "pode ser o pior momento do estado". Além da Serra, a região de Porto Alegre e outras nove regiões também receberam esta classificação. Dez regiões foram classificadas na bandeira vermelha.

 

Também foi anunciada uma restrição geral de atividades no estado das 22 às 05h, já a partir deste sábado. O governador pontuou que as aulas não devem ser retormadas nas regiões com risco altíssimo a partir de terça-feira, mas recomendou que medidas já sejam adotadas na segunda. Academias também não podem funcionar.

 

As prefeituras e associações regionais que não concordarem com a classificação, poderão recorrer da decisão. Segundo a assessoria da Prefeitura de Caxias do Sul, o prefeito Adiló Didomenico/PSDB vai entrar em contato com a AMESNE para tomar uma decisão em conjunto com os demais prefeios da região. O mapa definitivo será divulgado na terça-feira (23).   

 

Até às 20h desta sexta-feira, Caxias do Sul possuía 2.012 casos ativos de Covid-19 e 433 mortes em decorrência do vírus. A porcentagem de ocupação da UTI é de 69,17%. 

 

 

RESTRIÇÕES DA BANDEIRA PRETA (baseadas no último decreto do estado)


Serviço público
Apenas áreas da saúde, segurança, ordem pública e atividades de fiscalização atuam com 100% das equipes. Demais serviços, atuam no máximo 25% dos trabalhadores presencialmente.

 

Serviços essenciais
Serviços essenciais à manutenção da vida, como Assistência à Saúde Humana e Assistência Social, seguem operando com 100% dos trabalhadores e atendimento presencial.


Restaurantes, lancherias e bares
Podem funcionar apenas com telentrega e pague e leve, e 25% da equipe de trabalhadores.


Salões de cabeleireiro e barbeiro
Permanecem fechados, assim como serviços domésticos.


Comércio
Comércios com itens essenciais: podem funcionar, seja na rua, em centros comerciais ou shoppings, com restrições. Equipes de no máximo 25% dos trabalhadores são permitidas. 


Comércio não essencial: fechado


Educação
Só podem ocorrer de forma remota para a Educação Infantil em creches e pré-escolas, Ensino Fundamental, de anos iniciais e finais, Ensino Médio e Técnico  e o Ensino Superior (incluindo graduação e pós-graduação). Cursos de dança, música, idiomas e esportes também não tem permissão para funcionar presencialmente.


Academias
Academias, centros de treinamento, quadras, clubes sociais e esportivos também devem permanecer fechados. 


Lazer
Ficam proibidos de atuar parques temáticos, zoológicos, teatros, auditórios, casas de espetáculos e shows, circos, cinemas e bibliotecas. Demais tipos de eventos, seja em ambiente fechado ou aberto, não devem ocorrer.


Áreas comuns em condomínios
Todos as áreas comuns de lazer dos condomínios devem permanecer fechadas, incluindo academias.


Locais públicos
Parques, praças, faixa de areia e mar, devem ser utilizados somente para circulação, respeitado o distanciamento interpessoal e o uso obrigatório e correto de máscara. É proibida a permanência nesses locais.


Missas e cultos
Missas e serviços religiosos podem operar sem atendimento ao público, com 25% dos trabalhadores, para captação de áudio e vídeo das celebrações.


Bancos e lotéricas
Podem realizar atendimento individual, sob agendamento, com 50% dos funcionários.
Transporte coletivo


No transporte coletivo municipal e metropolitano de passageiros, é permitido ocupar 50% capacidade total do veículo, com janelas abertas.

Comentários

Carregar mais comentários Comentar notícia