YouTube Facebook Instagram
YouTube Facebook Instagram

Caxias   23/02/2021 | 13h18     Atualizado em 23/02/2021 | 20h33

FacebookTwitterPinterestGoogle+LinkedIn

Gerente do Caxias avalia que há prejuízo no adiamento do jogo contra o Grêmio no Gauchão

Imagem: Reprodução/BitcomTV
Imagem: Reprodução/BitcomTV

O Caxias fará a sua estreia no Campeonato Gaúcho 2021 apenas na segunda rodada. O motivo é o Grêmio que entrará em campo no final de semana de estreia do Gauchão pela Copa do Brasil. A partida de ida contra o Palmeiras será no dia 28, às 16h, na Arena. Assim, o duelo da equipe Grená contra o tricolor não tem data definida. A primeira partida do Caxias no estadual será diante do São José, dia 3 de março, quarta-feira, às 20h, em Porto Alegre.

 

Para o gerente executivo de futebol do Caxias há um prejuízo para o clube. Ademir Bertoglio ponderou que o confronto contra o Grêmio seria no estádio Centenário. Agora, a estreia será fora de Caxias do Sul e no gramado sintético do Estádio Francisco Novelletto.

 

"Realmente causa prejuízo, porque teríamos a estreia em casa, no nosso gramado, onde treinamos normalmente. Provavelmente, o Grêmio seria o grupo de transição e nós teremos que estrear fora de casa em um gramado sintético. A Federação já avisou desta alteração e vamos buscar um resultado positivo", comentou o dirigente ao programa Lance Esportivo.

 

Durante a entrevista a Bitcom TV, nesta terça-feira (23), o gerente grená também avaliou a pré-temporada do clube. Serão mais de 45 dias de preparação até o jogo contra o Zeca.

 

"Foi um período bom, tivemos tempo para trabalhar a parte física, técnica e tática. Já com esses amistosos serviu para dar um ritmo de jogo. A transferência do jogo contra o Grêmio fez a gente marcar mais dois amistosos até para aqueles atletas que foram pouco utilizados ou jogaram menor tempo", avaliou Bertoglio.

 

Quanto a reforços, o Caxias não deve contratar mais jogadores até o começo do estadual. A avaliação é que o elenco é suficiente para o começo do Campeonato Gaúcho. A ideia é contratar reforços pontuais passando de fase na Copa do Brasil para qualificar o elenco.

 

"Para o começo do Gauchão acreditamos que temos um número suficiente de atletas. Nossa ideia, do departamento de futebol e comissão técnica, começando a Copa do Brasil e tendo êxito é de pedir mais reforços para qualificar a equipe. Claro que se surgir alguma emergência nós devemos qualificar o grupo", declarou o gerente executivo, Ademir Bertoglio.

Comentários

Carregar mais comentários Comentar notícia