YouTube Facebook Instagram
YouTube Facebook Instagram

Câmara de Vereadores   20/04/2021 | 13h18     Atualizado em 20/04/2021 | 13h38

FacebookTwitterPinterestGoogle+LinkedIn

Comissão da Câmara indica destinação de R$ 500 mil para a assistência social

Quantia é oriunda da devolução do escritório de advocacia que defenderia o município no caso Magnabosco

Maria Antônia Nery / Câmara de Vereadores de Caxias do Sul
Maria Antônia Nery / Câmara de Vereadores de Caxias do Sul

A Comissão de Direitos Humanos e Cidadania (CDHC) da Câmara de Caxias do Sul encaminhou uma indicação ao Poder Executivo para que o valor de R$ 500 mil que iria para o escritório de advocacia responsável pela representação do município no caso Magnabosco, seja destinado para a área de assitência social do município. 

 

A intenção da comissão, presidida pela vereadora Estela Balardin/PT, é atenuar as dificuldades financeiras da Fundação de Assistência Social (FAS) frente ao momento de crise."A intenção da comissão é atenuar as dificuldades financeiras da Fundação de Assistência Social (FAS) frente ao momento de crise", de declarou.

 

No último mês de março, o TJ-RS determinou a suspensão da contração do escritório José Delgado & Ângelo Delgado Advocacia e Consultoria e, ainda, a devolução aos cofres do município do valor de R$ 500 mil que seriam pagos pela assistência jurídica.  

 

Comentários

Carregar mais comentários Comentar notícia