YouTube Facebook Instagram
YouTube Facebook Instagram

Enfrentamento da Pandemia   05/06/2021 | 14h26     Atualizado em 07/06/2021 | 07h30

FacebookTwitterPinterestGoogle+LinkedIn

Restrições propostas pela Amesne incluem isolamento de áreas públicas e redução de horário de restaurantes

Plano regional com cinco ações visando à redução de casos de Covid-19 foi entregue ao governo do Estado neste sábado, dia 5

textos
textos

Isolamento de áreas públicas de lazer, limitação do horário de entrada de restaurantes, suspensão da música ao vivo em estabelecimentos e redução de público autorizado em eventos estão entre as restrições sugeridas pelo novo Plano de Ação Regional, elaborado pelo Comitê Técnico da Associação dos Municípios da Encosta Superior do Nordeste (Amesne) em resposta ao segundo alerta emitido pelo governo do Estado, dentro do Sistema 3As de monitoramento da pandemia da Covid-19.

 

O documento foi entregue neste sábado dia, 5, definindo também a ampliação das testagens, fiscalização e monitoramento, por parte dos muinicípios, como medidas para o enfrentamento do aumento de casos de contaminação e iinternações na região, que contabiliza lotação de leitos de UTI na rede hospitalar há duas semanas. 

 

A Amesne também orientou os municípios a publicarem seus decretos prórpios seguindo as normas do Estado e do plano regional. Confira as ações previstas com as justificativas descritas pela entidade:

Identificando o percentual de contaminação acima de 70% nas faixas etárias de 20-59 anos nos últimos meses, sendo estes o público de mercado de trabalho, em sua grande maioria sem cobertura vacinal, faz-se necessário:

 

Ação 1: Executar a campanha de testagem pela vida, a serem executada em parcerias público-privada. 

Ação 2: Execução, pelas secretarias municipais da Saúde, de monitoramento dos pacientes positivos isolados, incluindo fiscalização para verificar se estão sendo cumpridas as orientações. No acompanhamento do paciente, pode-se orientar a reconsulta e avaliação médica aos quadros clínicos que tiverem piora evitando, desta forma, internações tardias. A meta de checagem quanto ao cumprimento do isolamento domiciliar é de 10% do total de contaminados diário.

Ação 3: Campanha institucional de conscientização para o cumprimento dos protocolos obrigatórios e variáveis inerentes ao Sistema 3As. Utilização da ficha de autoavaliação dos protocolos obrigatórios inerentes ao Sistema 3As.


Ação 4: Fiscalização dos protocolos obrigatórios e variáveis inerentes ao Sistema 3As, inclusive nos serviços essenciais. Utilização do Termo de Responsabilidade Sanitária com entidades, associações, empresas e outros.


Ação 5: Medidas restritivas e obrigatórias:
- Isolamento das áreas públicas de lazer, com fechamento de praças e brinquedos;
- Entrada permitida nos restaurantes até as 22h e fechamento do estabelecimento até as 23:59;
- Fica vedado em toda a região música ao vivo, em estabelecimentos fechados ou abertos;
- Máximo de 100 pessoas na realização de eventos corporativos e demais eventos somente mediante autorização do comitê técnico regional da Serra ? regra válida por no mínimo 15 dias.

De acordo com a entidade, alguns municípios já fizeram a publicação de seus novos decretos e outros deverão fazê-lo até segunda-feira, sendo resguardada a autonomia de cada adminjistração municipal na elaboração das regras próprias. A orientação institucional, contudo, é de respeito às normativas vigentes, do Estado, e sugeridas no plano de ação.

A entidade também destaca que as medidas sugeridas e enviadas ao Estado seguem em constante avaliação a partir do monitoramento diário da pandemia na região, podendo ser atualizadas a qualquer momento.

Comentários

Carregar mais comentários Comentar notícia