YouTube Facebook Instagram
YouTube Facebook Instagram

UPA Zona Norte   07/06/2021 | 11h03     Atualizado em 07/06/2021 | 11h12

FacebookTwitterPinterestGoogle+LinkedIn

Serviços das UPA Zona Norte estão temporariamente suspensos após morte de agente penitenciário

ÀS 3h da madraguda desta segunda-feira o agente Clóvis Antônio Ronan, 54 anos, que participava da escolta do preso Guilherme Fernando Huff, foi morto após invasão da UPA Zona Norte

Pacientes estão sendo transferidos para a UPA Central e para hospitais da cidade
Pacientes estão sendo transferidos para a UPA Central e para hospitais da cidade

Foto: SMS/Divulgação

A Secretaria Municipal da Saúde (SMS) de Caxias do Sul informou através de nota oficial que o atendimento na UPA Zona Norte está temporariamente suspenso em função da ação criminosa ocorrida na madrugada desta segunda-feira (7/6).

 

Todos os pacientes estão sendo transferidos para a UPA Central e para hospitais da cidade, para que a unidade passe por limpeza e manutenção e os atendimentos possam ser retomados o mais breve possível. Enquanto isso, a UPA Central não terá condições de atender pessoas com casos leves e não urgentes, que deverão se dirigir às Unidades Básicas de Saúde (UBSs). Os dois funcionários feridos passam por atendimento e não correm risco de morte.

 

ÀS 3h da madraguda desta segunda-feira o agente Clóvis Antônio Ronan, 54 anos, que participava da escolta do preso Guilherme Fernando Huff, foi morto após invasão da UPA para resgatar o apenado. Outro colega, de 45 anos, foi baleado e está em estado grave. Dois funcionários da UPA também ficaram feridos.

 

A SMS lamentou o episódio e salientou que todos os esforços estão sendo empregados para que o serviço volte a ser prestado o quanto antes, para que a comunidade seja o mínimo possível prejudicada, sobretudo em momento em que os serviços de saúde já estão esgotados por causa da pandemia.

Comentários

Carregar mais comentários Comentar notícia